NOTÍCIAS
Comércio pode fechar novamente em Luz
Caso seja atenda sugestão do MP, os decretos municipais seriam revogados e as lojas, salões e academias seriam novamente fechadas no município.

Em reunião realizada na manhã dessa terça-feira (12), no Centro Administrativo Municipal, o Executivo luzense apresentou aos representantes do Comércio local, através dos diretores da Associação Comercial de Luz, ofício do Ministério Público da Comarca de Luz, acerca de questionamentos da liberação do comércio no município de Luz.
Apesar do município não ter nenhum caso confirmado, a promotoria questiona sobre o embasamento que levou o comércio a ser liberado para funcionamento - afirmando não ter sido adotados critérios técnicos e destaca também que, mesmo ainda sem casos positivos, caso o quadro venha a se alterar, o Hospital Senhora Aparecida não tem leitos de UTI para atender à população.
Já o município destaca que embasou suas decisões à decisão judicial do STF na ADI 6341, no baixo índice de ocupação dos leitos no Hospital Senhora Aparecida e nos números dos Boletins Epidemiológicos locais.
A sugestão do Ministério Público é que o município siga a Deliberação 39 ou 17 do Estado de Minas Gerais. Caso seja atendido, os decretos municipais seriam revogados e as lojas, salões e academias seriam novamente fechadas no município.
Segundo apurou o Portal Tevinafesta, várias reuniões devem acontecer durante os próximos dias até que uma decisão seja tomada. Fato é que após a reuniões, os comerciantes já estão apreensivos quanto ao fechamento novamente do comércio local. (Portal Tevinafesta)
Fonte: Diego Costa - Portal Tevinafesta
Comentários da Notícia
Anuncie no Tevinafesta
Curta a FanPage Oficial Portal Tevinafesta